Paraná emite primeira NFC-e em ambiente de produção

As primeiras Notas Fiscais de Consumidor eletrônicas (NFC-e) foram emitidas hoje (04/11), no Paraná, em ambiente de produção. A emissão ocorreu dentro do Projeto Piloto, implantado no Estado após a definição da NFC-e como o documento fiscal eletrônico de venda ao consumidor final no estado. O projeto da NFC-e prevê que a partir de 2015, este documento estará aberto para adesão voluntária de contribuintes paranaenses e, em 1º de julho de 2015, será alternativa para atender a obrigatoriedade do PAF-ECF.

De acordo com a Auditora Fiscal e Representante estadual do projeto NFC-e no Paraná, Lucianara Nehls, o piloto conta com 58 empresas cadastradas. Para emitir o documento fiscal eletrônico do varejo, as empresas emissoras precisavam entrar com o pedido de envio junto ao Fisco do Estado. Neste primeiro dia, três empresas emitiram a NFC-e. “Podemos considerar um sucesso este primeiro dia da NFC-e em ambiente de produção”, disse Nehls.

A Inventti, especialista em soluções para documentos fiscais eletrônicos, participou da emissão das primeiras notas eletrônicas do comércio, no Paraná, com o módulo varejo de seu software de gestão, o myrp.  A Galeria Jovem, uma das pioneiras de hoje, é cliente da Inventti por meio da parceria da empresa com a Associação Comercial do Paraná. A ACP é uma das apoiadoras do projeto piloto no Estado e está acompanhando todo esse processo. “Os empresários do varejo terão diversos benefícios com a NFC-e, como por exemplo, a redução dos custos e uma melhor logística operacional”, destaca o Gerente Executivo da ACP, Esdras Marinzeck Leon.

Segundo Tibério César Valcanaia, diretor técnico da Inventti, o projeto é audacioso, pois representa o início de uma nova realidade no varejo, visto que não serão mais necessárias as impressoras fiscais (ECF). “Teremos novas experiências de venda, onde o vendedor acompanhará o cliente até a finalização da compra através de um smartphone ou tablet. O cliente receberá do próprio vendedor, impresso ou por e-mail, o “Danfinho” – nome carinhoso do documento auxiliar da venda, que contém um QRCode para acesso ao documento fiscal no site do Fisco”.

Posts Relacionados

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 comentários

  • Henrique de Sá
    Henrique de Sá

    Oi meu nome é Henrique. Gosto da Inventti. Trabalhamos com eles aqui na empresa. Vale muito a pena.

    • Inventti
      Inventti

      Olá Henrique 🙂
      Ficamos muito felizes com a sua satisfação, e sempre que precisar estaremos aqui!