Os desafios da Inventti para 2013

Para 2013 a Inventti tem grandes desafios. “O primeiro deles, com certeza, é manter aquilo que foi alcançado em 2012, que é um alto índice de satisfação dos nossos clientes, acima de 95%, além de consolidar e implementar as novas obrigações legais, que estão por vir e que o governo está diariamente decretando”, afirma o Diretor de Marketing e Vendas da Inventti, Reinaldo Oliveira. Ele acrescenta que também em 2013 a Inventti vai ter que se preocupar em implementar novas funcionalidades em seus produtos. “As empresas hoje estão mais conscientes da necessidade da gestão de Documentos Fiscais eletrônicos. Em um primeiro momento a grande preocupação era a emissão de Nota Fiscal. Hoje, as empresas já começam a se preocupar mais com a gestão desse grande volume de documentos. Isso tem gerado oportunidades para a Inventti e necessidades para nossos clientes. Então, vai ser um grande desafio, conciliar essas novas necessidades que vão surgir em função de legislação e em função da necessidade de gestão desses documentos”.

O Diretor Técnico da Inventti, Tibério César Valcanaia, complementa que a proposta para 2013 é continuar evoluindo o Sistema de Gestão WEB da Inventti. “Ele entrou no mercado em 2012 com os processos empresariais básicos e fiscais. A ideia é que em 2013 nós trabalhemos bastante nos processos financeiros, gestão de contas a pagar, contas a receber, fluxo de caixa, integração com bancos”. Segundo o Diretor Técnico, outro ponto importante no próximo ano vai ser a criação de uma rede de canais, com parceiros da Inventti em todo o Brasil. “Não adianta a gente ter o melhor software se não temos pessoas próximas dos nossos clientes que possam auxiliar no que for necessário. Então, um grande investimento que a Inventti  vai fazer em 2013 é criar e capacitar essa rede de canais para que nós tenhamos representantes locais que possam passar para o cliente as atualizações, explicar novos módulos, e entender a realidade de cada um, trazendo aqui pra nós, para que possamos evoluir o sistema em cima disso também”.

Posts Relacionados

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *