NFC-e (RO): A partir de 1º de agosto já será possível aderir a NFC-e no estado de Rondônia

Os varejistas do estado de Rondônia devem estar atentos as novidades que começam a valer a partir de 1º de agosto e as vantagens que podem conquistar.
A SEFIN, Secretaria de Finanças de Rondônia, determinou a obrigatoriedade do PAC-ECF no estado, porém, os contribuintes que optarem pela emissão da Nota Fiscal do Consumidor eletrônica (NFC-e) ficarão dispensados dessa obrigação. A adesão a NFC-e será possível a partir de 1º de agosto e as empresas que optarem por este modelo devem entrar em contato com a SEFIN.
As vantagens da Nota Fiscal do Consumidor eletrônica são muitas. Para os varejistas, a NFC-e proporcionará uma grande economia, já que os tradicionais custos de compra de impressoras fiscais, homologação e lacre não serão mais necessários. A Consultora de Negócios da Inventti, Karine Gresser, afirma que utilizar a NFC-e nos estabelecimentos, será também um diferencial para os consumidores, primeiro pela agilidade de atendimento que será possível e segundo pela segurança de guarda e acesso aos documentos fiscais.
A NFC-e é hoje o modelo de documento fiscal eletrônico para o varejo mais promissor no país. Cerca de 21 estados já estão em algum estágio de implantação. Essa evolução do projeto também é uma vantagem para as empresas com filiais em vários estados, já que aderir a modelos diferentes aumenta o custo de implantação e dificulta a integração das informações, enquanto a unificação dos padrões torna tudo mais rápido e fácil.

 

Posts Relacionados

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *