Gamificação: como engajar clientes e colaboradores

Criar engajamento é uma das tarefas mais difíceis que existe para qualquer tipo de empresa, tanto no sentido da Gestão de Pessoas quanto na relação com os clientes. Hoje em dia as pessoas têm atração pelo novo, gostam de mudar, tentar diferente e existem diversas outras opções no mercado. É preciso acompanhar essa sede por inovação e por mudanças para criar uma ligação efetivamente afetiva de valores e objetivos.

Entre os vários recursos que um gestor tem para alcançar esse elo tanto com seus colaboradores quanto com seu público é a Gamificação. Trata-se de uma abordagem relativamente nova que vem trazendo ótimos resultados internos e externos para as empresas. Segundo um estudo de 2015 da Gartner, líder no segmento de pesquisa e consultoria em tecnologia da informação, cerca de 40% das empresas da Fortune100 já adotaram a metodologia.

O que é

Gamificação (ou ludificação) é um recurso que utiliza as mecânicas e dinâmicas dos jogos pra gerar engajamento, motivar ações e comportamentos. Basicamente, os elementos da gamificação podem ser definidos como:

– Personalização
– Regras
– Objetivos
– Pontos
– Recompensas

A gamificação costuma oferece algum tipo de desafio que quando completado gera uma recompensa para o usuário. Esse sistema, em que a pessoa precisa se esforçar para conquistar seu objetivo e é recompensada depois de conseguir, é o que garante o engajamento. Um bom exemplo é o Dropbox, que recompensa os usuários que fazem um tour pela página e recomendam o serviço com mais espaço de armazenamento ou o Swarm (antigo Foursquare) que premia os maiores utilizadores com medalhas (badges).

A gamificação nas empresas

Os sistemas de pontos, conquistas e recompensas tem sido cada vez mais utilizado por empresas do mundo todo porque oferecem uma experiência única e memorável de um jeito divertido. E isso gera engajamento.

O ser humano possui uma predisposição psicológica para se envolver com jogos e a gamificação toca justamente nesse ponto para tornar atrativas algumas atividades do meio empresarial consideradas enfadonhas, como aprender a lidar com novas tecnologias ou responder questionários.

A gamificação também tem sem mostrado uma aliada importante em programas de treinamento através do uso da realidade virtual. A Gerdau, empresa líder do segmento de aço no Brasil, adotou o recurso no seu treinamento da certificação obrigatória de Análise Preliminar de Riscos (APR) e obteve resultados mais eficientes e mais agilidade na avaliação.

Além da Gerdau, outras empresas revelaram ter ótimos resultados gamificando suas atividades, como a Samsung, a Ford Motor do Canadá, a Nike a Microsoft. E a lista só aumenta.

Criando engajamento

Para implantar a gamificação nos processos da empresa, a primeira coisa é o planejamento. É preciso identificar exatamente que áreas serão trabalhadas e de que forma. De acordo com o Advanced Learning Institute existem oito maneiras de usar o gamification na sua organização:

1. Para aumentar o engajamento: tarefas diárias ficam mais envolventes.
2. Elevar a moral: programas divertidos ajudam a melhor o clima no ambiente de trabalho.
3. Colaboradores atuais e novos talentos: aumento de produtividade e retenção em longo prazo com uma força de trabalho mais motivada.
4. Fidelização à marca: faz com que os funcionários se sintam parte do negócio, como embaixadores da marca.
5. Programas de treinamento: torna o processo de aprendizagem mais eficaz e rápido de aplicar.
6. Concorrência saudável no ambiente de trabalho: estimular a concorrência saudável para aumentar a produtividade.
7. Promover e influenciar comportamentos desejados: os pontos e recompensar agem como motivadores de comportamento.
8. Melhorar a colaboração: o uso de ferramentas para clientes e funcionários torna sua comunicação mais simples e dinâmica.

Como todo processo empresarial, a gamificação também não acontece de uma hora pra outra. É preciso realizar alguns procedimentos e se planejar adequadamente. Por isso, antes de começar, você deve levar em conta alguns fatores:

– Quais os pontos fracos da empresa
O que precisa ser melhorado no ambiente de trabalho.

– Objetivo da gamificação
Uma vez que o problema foi detectado, é preciso definir o que fazer para corrigi-los.

– Faça um planejamento
Procure estabelecer qual a melhor forma de atingir seu objetivo e como envolver melhor seus funcionários.

Depois que tiver realizado esses passos, você deve entrar em contato com uma empresa especializada. Com seu planejamento em mãos, eles vão ajudar você a encontrar a melhor forma de atingir seus objetivos.

Não esqueça de alinhar seu projeto com os ideais da empresa, pois isso faz com que o engajamento seja ainda maior. E trabalhe sempre com feedbacks. Faça uma avaliação dos resultados e questione seus clientes e colaboradores sobre o que acharam da experiência.

Posts Relacionados

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *