4 tendências para o mercado de aplicativos em 2018

Um bom desenvolvedor de apps deve sempre se manter atualizado. Pra isso, é importante conhecer as tendências para o mercado de aplicativos em 2018. Afinal, esse mercado é um dos que mais costumam atrair empreendedores iniciantes. Só no Brasil, de acordo com dados da FGV, existem mais de 170 milhões de smartphones.

Existem diversas oportunidades profissionais: você pode desenvolver soluções para empresas, para consumidores em geral ou para o poder público. É claro que todas elas são muito concorridas e você vai precisar de uma ideia que seja, ao mesmo tempo, muito boa e relevante para vende-la. Por isso, preparamos uma lista com as 4 principais tendências para o mercado de aplicativos em 2018.

1. Empreendedorismo social

Uma das principais tendências para o mercado de aplicativos está relacionada ao bem-estar social da comunidade. Cada vez mais, apps que de alguma forma tragam melhoria de vida para um grupo de pessoa ou que ajudem a resolver problemas pontuais estão fazendo sucesso. Essa é uma tendência que já se mostrava promissora há alguns anos e continua com a mesma força.

Aproveite o ano eleitoral no Brasil, quando os principais problemas sociais das cidades e comunidades ficam em evidência, e comece a pensar numa solução via aplicativo. Não é necessário que seja algo necessariamente revolucionário o que mude completamente a vida de um universo gigantesco de pessoas. Um serviço relativamente simples mas com alto potencial de uso, como um mapa com acessos para deficientes, por exemplo, tem tudo para ser um sucesso.


2. Apps com bots e inteligência artificial

Continuando nossa lista de tendências para o mercado de aplicativos, um solução que parece saída de um episódio de Black Mirror. Você com certeza já entrou em algum site que abriu uma janela de chat automaticamente oferecendo ajuda. O que você talvez não tenha percebido é que a grande maioria desses serviços é operada por bots, que seguem uma programação para tirar dúvidas dos clientes.

Essa é uma forte tendência para o mercado de aplicativos. Grandes empresas, como Facebook, o Google e a Apple – quem nunca trocou uma ideia com Siri? – já incorporaram a Inteligência Artificial a suas soluções como uma forma de facilitar a comunicação com os clientes. Se você tiver bastante criatividade e uma boa dose de pesquisa, pode criar uma solução ideal para empresas. Quem sabe você pode até separar por segmento. E aí, pronto pra criar a próxima Siri?

3. Omnichannel

Outro conceito do varejo que aparece forte como uma das tendências para o mercado dos aplicativos é o do omnichannel. Seu nome significa “todos os canais”, pois ele agrega os diferentes meios de compra em uma experiência única. O consumidor é atendido de forma integrada, com on-line e off-line interagindo e complementando sua experiência da compra. O atendimento pode começar no site, passar pelo chat num perfil de rede social e terminar numa loja física, sempre mantendo a qualidade e eficiência em todos os canais.

O conceito de omnichannel não é tão novo assim, mas ainda não foi aplicado pela grande maioria dos varejistas. Ele exige alta integração dos processos logísticos, sistemas bem definidos e alinhamento de estratégias de marketing, o que dificulta sua implantação. Além disso, muitos ainda não entendem direito seu funcionamento e nem sabem como tirar benefício dele. E é aí que está a sua oportunidade. Com um aplicativo bem estruturado, leve e responsivo, você teria uma área de negócio gigantesca para explorar. Não à toa, uma das principais tendências para o mercado de aplicativos.

4. Realidade virtual e aumentada

As realidades virtual e aumentada sofreram um fenômeno parecido com o dos filmes 3D: chegarem com um certo alarde, foram esquecidas por um tempo e agora apareceram de volta nas principais tendências para o mercado de aplicativos. Se antes elas impressionavam pela novidade, hoje elas chamam a atenção mesmo pela capacidade de fazer o usuário viver novas experiências.

Um dos ramos onde a RV e a RA têm feito bastante sucesso é o imobiliário. Diversas construtoras estão optando por abrir mão de preparar apartamentos mobiliados, que custam tempo e dinheiro, para apresentar passeios virtuais pela planta 3D dos seus empreendimentos. Em feiras imobiliárias também fazem sucesso descansos de copo que, ao serem “lidos” pelo smartphone, revelam a maquete dos prédios. Ou seja: essa é uma ótima maneira de levar o consumidor a experimentar o produto sem sair do lugar, uma das principais tendências para o mercado de aplicativos.

Quando falamos em tendências para o mercado de aplicativos, estamos falando de um mercado extremamente dinâmico, em que novas soluções aparecem quase diariamente. Então, um dos principais segredos para lançar um app de sucesso é ser rápido. Selecione seu segmento, tenha uma boa ideia e comece a trabalhar o quanto antes.


Posts Relacionados

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *